sábado, 27 de dezembro de 2014

Isaías 8:14 - Pedra de Tropeço ou Pedra Angular?


Jesus, pedra de tropeço. À primeira vista, é uma classificação ou um título negativo para o Salvador do mundo. Porém quando analisamos a Palavra, passamos a entender o porquê dessa expressão, citada tantas vezes nas Escrituras e utilizada justamente no Antigo Testamento pelo chamado "profeta messiânico", Isaías.

No seu capítulo 8 e verso 14, o filho de Amoz faz um paralelo sobre como  o Senhor se revelaria aos obedientes e aos rebeldes. Para os primeiros, Ele seria santuário. Santuário significa a parte secreta do templo ou edifício consagrado à cerimônia de determinada religião. Resume-se como "morada de Deus", "lugar de Sua habitação". Para aqueles que creem e obedecem ao Pai, este lhes revela a Sua presença. Já para os desobedientes, Deus é pedra de tropeço, ou seja, laço, queda, armadilha, pois aqueles que vão contra a Sua vontade não prevalecem, mas caem.

O mesmo profeta irá dizer em Isaías 28:16: " Portanto assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse." Jesus é a Pedra de esquina, a chamada Pedra Angular. A chamada pedra fundamental é posta na esquina de um edifício, formando um ângulo reto entre duas paredes. Esta pedra define a colocação das demais e alinha toda a construção. Também é a pedra colocada em cima de um arco com a função de balancear as forças que atuam sobre ele. A pedra mantém o equilíbrio das forças.  Quer título mais adequado para Cristo? Ele é a base de tudo, o Cabeça da igreja. É por causa dEle que estamos em pé.

Na epístola de Paulo aos Romanos, em seu capítulo 9 e a partir do verso 30, o apóstolo começa a discorrer a respeito da rejeição de Israel, pelo seu apego à lei e a não aceitação de Jesus. Sim, pois sabemos que os judeus não reconheceram a Cristo como o Messias. Por isso Paulo diz que Israel tropeçou na pedra de tropeço, pois não creram no Salvador. (Rm 9:32).

Em I Pedro 2: 5-8, o apóstolo Pedro diz: " Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.

Por isso também na Escritura se contém: 'Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa;e quem nela crer não será confundido.' E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes,a pedra que os edificadores reprovaram,essa foi a principal da esquina, E uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados."   Jesus é o alicerce da Igreja, em quem ela está edificada. Apesar de ter sido rejeitado pelos Seus, Ele foi eleito como Principal por Deus, e por Ele glorificado.


Voltando um pouco ao Antigo Testamento, Deus é chamado em várias ocasiões de Rocha. (Veja exemplos em II Samuel 22: 47, Salmos 71:3 e Isaías 44:8). Rocha traz a ideia de firmeza, dureza, sustentação. É nessa Rocha Eterna que precisamos dia após dia nos embasar, nos firmar. Jesus é a nossa Pedra Fundamental, também a Rocha que nos mantém seguros contra as aflições desta vida terrena. Só nEle existe força suficiente para evitar nossa queda.

Jesus é pedra de tropeço somente para os que não obedecem ou vão contra à Palavra. Quem não crê tropeça e cai, e se escandaliza nEle pois não compreende ou confia em Seu agir. Mas Ele é a Pedra Angular daqueles que O servem e creem nEle acima de todas as circunstâncias. NEle, a igreja está firmada, alicerçada. Nada prevalecerá contra a Igreja, nem mesmo as portas do inferno! Você está alicerçado nesta Pedra? Se está, acredite que nada poderá lhe derrubar!





Um comentário:

  1. Uma pedra para ser assentada pelo pedreiro no mundo, deve obrigatoriamente, ter seis lados. Porque? O mundo está submetido a limitação do tempo e do espaço. Assim os construtores constroem seus templos: se acomodando à limitação no espaço: as três dimensões. O primeiro religioso foi Caim. Também, o primeiro médium foi a serpente, que incorporou o diabo, para passar seu veneno: o não crer em Deus. Tudo isso são coisas do mundo. O mundo está submetido a limitação do tempo e do espaço. Ora, pois, quando aparece uma pedra de sete lados o pedreiro logo a rejeita pelo fato de ser impossível de ser assentada. Jesus é a pedra de sete lados. Mesmo sendo preciosa a pedra, é para os pedreiros impossível ser assentada, em virtude de não se ajustar as limitações do mundo. MARAVILHE-SE, esta é a pedra fundamental aprovada por Deus. E o pedreiro é Deus .. e o edifício transcendental: num lugar sem lugar, em virtude do espaço e tempo não serem limitações. ASSIM, a pedra cortada do monte, sem o auxílio de mãos, esmiuçará ao ferro e o barro, e o bronze, a prata e o ouro, que se tornarão palha de fogueira.

    ResponderExcluir