Pular para o conteúdo principal

2 Reis 6 - Geazi e a cegueira espiritual

A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a PROVA DAS COISAS QUE NÃO SE VEM. As palavras de Hebreus 11:1 nos revelam que confiar em Deus é ir além do que a visão humana pode alcançar. É acreditar naquilo que nossos olhos não enxergam. 

Pois bem, em 2 Reis 6 narra-se um episódio em que o profeta Eliseu e seu moço estavam encurralados. Ben-Hadade, rei da Síria,  havia cercado a cidade de Samaria com seu exército.  Esse rei fazia guerra a Israel, porém Deus dava livramento ao povo através de Eliseu, revelando a ele as estratégias de Ben-Hadade (2 Rs 6:9,10). 

Diz a Palavra que o exército sírio cerca a cidade durante a noite. Às escuras, às escondidas, como todo inimigo faz. Assim é o nosso adversário, vem traiçoeiramente tentar nos afligir. Na manhã seguinte,  o moço levanta muito cedo e avista os carros e cavalos cercando a cidade. Imagine o desespero daquele rapaz! Um grande e poderoso exército ao seu redor, sem possibilidade de escape. 

Quando Geazi vira para Eliseu e pergunta o que eles iriam fazer, demonstra que ele se sentia impotente diante daquela situação, e recorreu a Eliseu ansiando talvez uma solução, um conselho da parte de seu senhor. Eu imagino com que calma e tranquilidade o profeta responde ao moço:  "Não temas, porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles."

Geazi não deve ter entendido nada. Como seriam mais os que estavam com eles, já que ele só enxergava Eliseu ao seu lado e do outro lado um grande exército. Talvez o moço poderia pensar que o profeta estivesse "delirando". Geazi não compreendia que a calma de Eliseu vinha da confiança que ele tinha em seu Deus. E mais do que isso: o moço não conseguia ver, vislumbrar o agir de Deus em favor do seu servo.

Eliseu, vendo a aflição de seu moço, clama a Deus que abra os olhos de Geazi, para que ele visse. Geazi precisava ver com seus olhos espirituais, que ainda não haviam sido abertos.

No nosso cotidiano, nos deparamos com muitas pessoas (e cristãos) CEGOS. Não conseguem ver a mão de Deus em nada nem ninguém. Preferem se desesperar, preferem murmurar. Estão como Geazi, incrédulos. Precisam tirar as escamas de seus olhos, como aconteceu com Paulo. Deus quer abrir a nossa visão, para que possamos descansar nEle mesmo nas situações mais difíceis. 

Quando o moço teve sua visão espiritual aberta, ele viu o monte cheio de cavalos e carros de fogo. Ele descobriu que o Deus de Israel, a quem Eliseu servia, agia com poder pelo seu povo.  Geazi viu o sobrenatural, o impossível que Deus estava fazendo naquele momento.

Nunca se esqueça: maior é o que está conosco! Abra teus olhos da fé e contemple Deus agindo sempre por você em todos os momentos.



Comentários

  1. Deus na verdade é o socorro bem presente na angustia!!!

    ResponderExcluir
  2. Palavra forte!! Já preguei ela várias vezes e sempre Deus tem uma surpresa..

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber onde ta escrito.
    Que era geazi.
    O moço que Elizeu.
    Pediu pra Deus. Abrir os olhos??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor Missionário Esta palavra se encontra no livro2 Reis 6 - Geazi e a cegueira espiritual Tenha um bom dia Missionário Sidney.

      Excluir
  4. Gostaria de saber onde ta escrito.
    Que era geazi.
    O moço que Elizeu.
    Pediu pra Deus. Abrir os olhos??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na verdade o texto não fala que era Geazi e muitos se confundem, pois no capítulo anterior Geazi foi amaldiçoado com lepra, pois cobiçou e aceitou o dinheiro e as vestes que naamã havia trazido para dar em troca do milagre realizado por Deus no rio jordão. Sendo assim Geazi sai de cena no capítulo 5, pois já não poderia mais estar em convívio social com pessoas puras, pois agora ele era impuro!

      Excluir
    2. Na verdade a lepra de geazi não era diferente da naamã pois o general não foi excluído do convívio pessoal e nem destituído do seu cargo ! Haja vista foi pelo convívio pessoal dele é que ele passa a saber da sua serva sobre o profeta Eliseu ! É só fazer um estudo simples sobre tipos de lepra que você vai entender melhor .

      Excluir
    3. Olha a questão de Naamã poder circular normalmente entre o povo principalmente o seu é que a lei para leproso era sô em Israel
      A respeito da lepra no livro de Levítico sobre o afastamento era mandamentos para os israelitas
      Quanto a Naamã ele era sírio

      Excluir
    4. No capítulo 8 ele fala com o Rei porque talvez o rei lhe procure fora da cidade

      Excluir
  5. Ele nao sai d cena no cap 5.
    pois no cap 8 ele aparece d novo falando.
    tudo demostra q Eliseu teve d misericordia para com Geazi e o curou da lepra.
    segundo a teologia.

    ResponderExcluir
  6. Ele nao sai d cena no cap 5.
    pois no cap 8 ele aparece d novo falando.
    tudo demostra q Eliseu teve d misericordia para com Geazi e o curou da lepra.
    segundo a teologia.

    ResponderExcluir
  7. Mensagem forte.. que nossos olhos estejam sempre aberto.para ver a grandeza de DEUS em nosso favor.. esse mensagem da pra caminha 40 dias e 40 noites...GLÓRIA E DEUS PARA SEMPRE!!!

    ResponderExcluir
  8. Se nós seguirmos mais á frente Deus não só abre os olhos do moço mais também faz com que o exercito do rei não enxergue Eliseu. Deus abre os nossos olhos e faz com que o inimigo não venha nos enxergar.
    Palavra edificante e exortante.

    ResponderExcluir
  9. Mensagem clara e objetiva, mostra a nos como somos, faltamos fé em certas situações da nossa vida, temos que olhar pelos olhos de Deus, muito bom Deus abençoe

    ResponderExcluir
  10. Mensagem clara e objetiva, mostra a nos como somos, faltamos fé em certas situações da nossa vida, temos que olhar pelos olhos de Deus, muito bom Deus abençoe

    ResponderExcluir
  11. Creio eu que não seja Geazi;Más um moço dos quais tantos faziam parte com Eliseu...excelente estudo

    ResponderExcluir
  12. Amém, O nosso Deus é único e verdadeiro, falta em algumas pessoas acreditar mais.

    ResponderExcluir
  13. Não importa quem è o moço Deus abre os olhos daquele que não consegue ver para mostrar a gloria.

    ResponderExcluir
  14. Não importa quem è o moço Deus abre os olhos daquele que não consegue ver para mostrar a gloria.

    ResponderExcluir
  15. Gostaria de saber se tem alguma referência bíblica que afirme ser Grazi o moço que o capítulo 6 se refere???? Porque diz no 5 que após ser amaldiçoado Grazi e toda sua descendência ele saí da presença de Eliseu.

    ResponderExcluir
  16. É bastante importante sabermos sim de quem ou a quem se refere a Bíblia pra não estarmos falando ou ensinando errado ou até mesmo apreendendo errado.

    ResponderExcluir
  17. É muito importante sabermos sim de quem ou a quem o texto se refere,para assim não aprendermos ou mesmo ensinar errado,ou atribui passagens a pessoas erradas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Isaías 39 - O inimigo bate à porta

Formar vínculos de amizade é algo bom e agradável. Mas há que tomar cuidado com aqueles que, aparentemente "inofensivos", vêm bater na nossa porta. Essa precaução transcende a vida social. No âmbito espiritual, nós cristãos precisamos estar atentos aos INVASORES, cujo objetivo principal é desestruturar a nossa casa.
O rei Ezequias de Judá era um homem temente a Deus, que andava retamente diante do Senhor. Ele já havia vivido um grande livramento de morte, pois Deus lhe acrescentara 15 anos de vida. Também, no reinado do filho de Acaz, o reino de Judá se viu livre da dominação assíria, pois Deus destruíra o exército de Senaqueribe.
Agora, o rei gozava dias de paz prometidos e garantidos pelo Senhor. Mas eis que Ezequias recebe uma "ilustre" visita. O rei da Babilônia, Merodaque- Baladã, envia uma comitiva ao encontro do rei de Judá com cartas e um presente, porque havia ouvido que ele estivera doente. Um ato aparentemente normal, e até louvável.
Ezequias se alegrou c…

1 Samuel 15 - A desobediência de Saul e a rejeição da parte de Deus

A obediência a Deus é a chave da vitória, do êxito. Saul sentiu isso na pele ao querer fazer sua vontade em contraposição à do Senhor. Como resultado, o até então rei de Israel perde sua coroa e começa a viver em declínio constante, até sua morte.
Saul fora ungido pelo profeta Samuel por ordem de Deus. Afinal, o povo de Israel pedia insistentemente um rei. O Senhor atende o pedido, e os israelitas começam a viver o período monárquico.
Em um determinado momento, Deus dá uma ordenança à Saul, para que ele destrua os amalequitas. Amaleque se fez inimigo de Israel quando este subia do Egito. O Senhor é claro quando diz ao rei de Israel:  "... fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo que tiver..." (v.3)
Saul arma emboscada contra os amalequitas, e prevalece contra eles. PORÉM, o rei mantém vivo Agague, rei de Amaleque e, não sendo o bastante, também conserva o melhor das ovelhas, vacas, cordeiros e tudo o que havia de melhor em Amaleque. Tão somente as coisas vis e desprezíveis …